Pausas no trabalho para conversar e beber café aumentam produtividade e longevidade.

Sabia que fazer pausas no trabalho, seja para fumar, beber café ou conversar um pouco ajuda a aliviar o stress e a retomar posteriormente o serviço com mais energia?

O resultado do estudo não deixa margem para dúvidas! Esta foi a conclusão de uma tese de mestrado sobre a importância das pausas no trabalho, feita no Instituto de Psicologia Aplicada da Universidade Europeia.

Um estudo realizado pelo Instituto de Psicologia Aplicada da Universidade Europeia, concluiu que fazer pausas no local de trabalho ajuda a descomprimir o stress laboral e melhora o rendimento.

Quer seja para fumar, beber café ou conversar, esta pausa aumenta a produtividade e rendimento dos funcionários porque combate a fadiga e o bloqueio mental.

Estas estratégias são utilizadas em empresas que exigem trabalhadores atentos e concentrados durante muito tempo, como é caso de grandes empresas como Microsoft e Apple. Nestes casos os funcionários têm direito a pausas com massagens e dormidas de poucos minutos de forma a recuperar da fadiga mental e regressar ao serviço com mais energia e ritmo para render melhor.

É também uma forma de compensar a falta de tempo para a vida pessoal.

A CP está a recrutar

recrutamento CP

A CP, Comboios de Portugal, a partir da empresa EMEF tem aberto processo de recrutamento para diversas vagas de trabalho cujos requisitos base são o nível de escolaridade de 12º ano.
Candidaturas
Pode ver aqui todas as vagas em aberto, saber como se candidatar e saber como melhorar a sua candidatura.

Tem mais de 55 anos? Estas vagas são para si!

Conseguir trabalho a partir de uma certa idade é algo complicado.
Muitas são as empresas que a partir dos 55 anos pensam que as pessoas são velhas demais para trabalhar. No entanto ainda não têm idade para se reformar.
Na verdade terão pela frente pelo menos mais 10 anos de trabalho para conseguirem chegar à reforma.
Mas há alternativas. Esta empresa está à procura de pessoas para um casting de publicidade. O trabalho é remunerado e o melhor de tudo é que está aberto apenas a pessoas com a idade entre os 55 e 70 anos.
CANDIDATURAS
A empresa disponibiliza aqui a informação para este recrutamento.
Pode saber como melhorar a Sua Candidatura AQUI »

Formação financiada

Conheça os cursos financiados e os locais de formação que pode frequentar recebendo financiamento pelo mesmo. Conheça toda a Formação financiada aqui »

Tipologia da formação
As ações de formação consistem em formações modulares certificadas de nível 2 a 4 do Quadro Nacional de Qualificações (QNQ).

CANDIDATURAS
As candidaturas são feitas aqui. Conheça também as demais propostas de formação que pode frequentar. VEJA AQUI »

Destinatários
Poderão candidatar-se a estas ações de formação, os desempregados de longa duração (DLD) e os desempregados não DLD, dependendo das habilitações.

Duração das ações de formação
As ações de formação poderão ter uma duração de 25 ou 50 horas consoante a duração da Unidade de Formação de Curta Duração (UFCD) definida no Quadro Nacional de Qualificações (QNQ).

Condições de frequência
A frequência das ações de formação é totalmente gratuita. Pela frequência das ações de formação, os formandos usufruirão de:

Subsídio de alimentação: 4.77€/dia

CANDIDATURAS
As candidaturas são feitas aqui. Conheça também as demais propostas de formação que pode frequentar. VEJA AQUI »